CENTRO MULTIDISCIPLINAR UFRJ – MACAÉ

Instituto Politécnico

Os cursos de Engenharia Civil, Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção implantados no Centro Multidisciplinar UFRJ-Macaé objetivam formar engenheiros cuja qualificação (conhecimentos, habilidades e competências) os tornem aptos a atuar em diversos setores, seja no setor público, seja a serviço de empresas privadas ou como empreendedores de seus próprios negócios ou, ainda, em atividades de pesquisa e desenvolvimento científico-tecnológico.

Além disso, sua formação permitirá que identifiquem as implicações técnicas, tecnológicas, ambientais e sócio-culturais de seu fazer profissional para que as levem em consideração na tomada de decisões.

  • Duração do curso:10 períodos / 5 anos
  • Turno de funcionamento: Diurno – Manhã/Tarde
  • Oferta anual de vagas: 120 vagas
  • Modalidade: Presencial
  • Critérios de seleção dos alunos: vagas ofertadas pelo ENEM (Sistema de Seleção Unificada do MEC)

Direção do Instituto

Diretor: Prof. Dr. Thiago Gomes de Lima

Doutor em Ciências Ambientais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), realizou o Doutorado Sanduíche no Departamento de Engenharia de Gestão da Technical University of Denmark (DTU) – Divisão de Inovação. Mestre em Engenharia de Produção (UCAM), MBA em Gestão Estratégica de Pessoas (FGV), Esp. em Ergonomia e Projetos (COPPE – UFRJ), Esp. Ciência de Dados (ANHEMBI MORUMBI). É Neuropsicólogo pelo Departamento de Neurologia da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Bacharel na área de Gestão e Negócios pela (UNIMEP) Bacharel em Turismo e em Psicologia (UNESA)
Professor Adjunto do Instituto Politécnico (IPoli) do Centro Multidisciplinar – UFRJ Macaé no Programa de Engenharia de Produção, no qual atuou enquanto coordenador de curso entre os anos de 2016-2019. Enquanto Coordenador atuou em importantes demandas como o reconhecimento do curso pelo Ministério da Educação, Enade e Processos seletivos para docentes do quadro permanente.
Membro da Associação Brasileira de Ergonomia (ABERGO). Membro do Grupo de Pesquisa Engineering Systems Design da DTU Management. Atualmente coordena o Núcleo de Estudos em Gestão, Ergonomia e Projetos (NEGEP-UFRJ), um laboratório dedicado as atividades de ensino, pesquisa e extensão, do IPoli.
Na graduação leciona as disciplinas de Engenharia do Trabalho, Psicologia do Trabalho, Projeto de Engenharia do Trabalho, Gestão Estratégica, Projeto de Engenharia Organizacional. No Programa de Mestrado PRODBIO (UFRJ) é professor colaborador e leciona a disciplina de Gestão Estratégica.
Na extensão coordena cursos na modalidade de Educação Executiva (Formação Continuada), sendo eles: Gestão Estratégica de Negócios; Economia Circular & Negócios Sustentáveis; Inovação & Transição Energética; Gestão em Ergonomia, Fatores Humanos e Segurança Operacional.
Professor conselheiro do Projeto Enactus Macaé, esta iniciativa é parte de uma rede internacional de colaboração voltada para o desenvolvimento do empreendedorismo social.
Na pesquisa atua principalmente nos seguintes temas: Engenharia de Gestão; Engenharia do Trabalho; Desenvolvimento & Operação de Sistemas de Produtos e Serviços; Economia Circular & Negócios Sustentáveis; Inovação em Organizações & Lugares; e Projetos de Sistemas Participativos.
Organizador e coautor dos livros Organizações e Sociedade: Práticas e Pesquisas em Trabalho, Educação e Saúde – Volumes I e II.
Foi integrante da equipe avaliadora do Prêmio Nacional de Inovação – CNI (2016 -2019). Avaliador e Mentor (Agente de Inovação) do Programa Startup Rio (2021). Foi avaliador do Edital Petrobras/Sebrae (2021) – Conexões para Inovação.>> Currículo Lattes

Vice-diretora: Profª. Drª. Elisa Pinto da Rocha

Professora Adjunta da Universidade Federal do Rio de Janeiro, do curso de Engenharia Mecânica e professora permanente do Programa de Pós Graduação Profissional em Ambiente, Sociedade e Desenvolvimento do Instituto NUPEM/UFRJ.
Graduada em Engenharia Química pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2009). Mestre em Engenharia Metalúrgica pela Universidade Federal Fluminense, em reutilização e caracterização de rejeitos industriais siderúrgicos (2010). Doutora em Engenharia Metalúrgica pela Universidade Federal Fluminense, na área de simulação para estudo de redução energética do forno Midrex com utilização de pelotas autorredutoras compostas por finos de biomassa através de experimentos e simulação computacional (2016).
Leciona Transferência de Calor e Fenômenos de Transporte, com orientações na área por meio de simulação computacional e técnicas experimentais.
Pesquisadora na área de energias renováveis envolvendo aperfeiçoamento de tecnologias solares e de biogás. Possui projetos de extensão e de pesquisa para cálculos de eficiência e aplicação energética de fontes de energia renováveis (solar + biogás).>> Currículo Lattes

Contatos
Direção Instituto Politécnico

direcao@ipoli.macae.ufrj.br

Cursos de Engenharia

Engenharia Núcleo Comum
basico@ipoli.macae.ufrj.br

Engenharia Mecânica
mecanica@ipoli.macae.ufrj.br

Engenharia Civil
civil@ipoli.macae.ufrj.br

Engenharia de Produção
producao@ipoli.macae.ufrj.br

Apoio Administrativo

Nathalia dos Anjos Souza

suporte.adm@ipoli.macae.ufrj.br

Perfil do Profissional

Com concepção inovadora, os cursos de graduação de Engenharia implantados pela UFRJ no Campus Macaé, sob orientação e responsabilidade da Escola Politécnica, foram escolhidos após um cuidadoso processo de análise das necessidades regionais e entendimentos com empresas, governo municipal e entidades locais representativas da sociedade civil.

A opção feita pelos cursos de Engenharia Civil, Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção permitiu criar uma estrutura flexível que admite composições curriculares variadas baseadas na combinação de segmentos disciplinares destes Cursos. O caráter inovador da proposição dos cursos apresenta-se sob suas vertentes principais:

  • Conteúdos disciplinares que alarguem o horizonte intelectual e técnico-científico da formação do engenheiro e o faça considerar não apenas as consequências estritamente tecnológicas do seu fazer profissional;
  • Segmentação disciplinar das estruturas curriculares dos cursos, permitindo a construção de distintas composições curriculares e conjuntos de competências e habilidades, baseada no interesse academicamente orientado do discente sob o ponto de vista do seu exercício profissional futuro.

Os cursos de Engenharia devem ter, entre seus objetivos, o de formar engenheiros com competências e habilidades relativamente a conteúdos e métodos que:

  • Sejam suficientes para que possam identificar e delimitar, nos domínios de conhecimento de cada especialização, uma dada situação-problema, ou seja, um problema específico daquela “sua” engenharia; e sejam capazes de resolvê-lo;
  • Sejam suficientemente amplos e inter articulados para que possam reconhecer, em domínios correlatos do conhecimento, de qual outra especialização técnico-científico, mesmo além da engenharia, a dada situação é também um problema específico;
    Possam interagir com os respectivos especialistas; de forma mais geral, permita-os identificar quais são as implicações técnicas, tecnológicas, ambientais ou sócio-culturais mais amplas inerentes ao tratamento desta situação-problema.

Grade Curricular da Engenharia Civil

Grade Curricular da Engenharia Mecânica

Grade Curricular da Engenharia de Produção