CENTRO MULTIDISCIPLINAR UFRJ – MACAÉ

Coordenador: Professor Rodrigo Siqueira de Melo

Possui graduação em Ciências Biológicas (2003), Mestrado em Bioquímica (2008) pelo Instituto de Química (UFRJ) e Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos – Engenharia Química (2014) pela Escola de Química (UFRJ). Atualmente sou professor adjunto do Instituto Multidisciplinar de Química – IMQ do Centro Multidisciplinar UFRJ-Macaé, ministrando disciplinas na área de Química Analítica. Fui coordenador de pesquisa do Centro Multidisciplinar UFRJ – Macaé (2018 à 2020) e, atualmente, estou Coordenador do Curso de Bacharelado em Química. Lider do Grupo de Eletroanalítica Aplicada e Computacional onde desenvolvemos metodologias eletroanalíticas em amostras de interesse ambiental e industrial, investigação do comportamento eletroquímico de moléculas biologicamente ativas, desenvolvimento de sensores químicos e estudos de eletroanalítica computacional. >> Currículo Lattes

Coordenador Substituto: Professor Paulo José de Sousa Maia

Graduado em Química Industrial pela Universidade Federal do Ceará (2009). Mestrado em Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2012) na área de Química Bioinorgânica. Doutorado em Química pela Universidade Federal de São Carlos UFSCar (2015), atuando no desenvolvimento de complexos de metais de transição luminescentes. Doutorado Sanduíche sob supervisão do Dr. Matthias Selke na CSU-LA – EUA. Bolsista Pós-doc PNPD-CAPES (2015-2016) no departamento de física na UFPI sob supervisão do Prof. Dr. Hélder Cunha. Professor de Química na Universidade Federal do Amazonas – UFAM no período de 2016-2018. Atualmente, Professor de Química – Área Química Inorgânica na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Tem experiência na área de Química, com ênfase em Adsorção, Química de Coordenação e Eletrocatálise.

Apoio Administrativo da Coordenação:

Eliseu Vargas

Contato Acadêmico:

Perfil do Profissional:

O Bacharel em Química é um profissional de caráter generalista, capacitado a atuar em laboratórios de desenvolvimento ou melhoria de produtos e processos; em laboratórios de análises químicas; na área de pesquisa e desenvolvimento, quer seja para o setor produtivo ou para pesquisa pura ou acadêmica, visando à geração de novos conhecimentos; além de atividades que necessitem de profissionais com sólida e abrangente formação na área química.

 

COMPETÊNCIA FORMAL


O Decreto-lei no 5.452/43 (CLT), nos art. 325 a 351 discorre sobre o exercício da profissão de Químico, direitos e deveres. O exercício da profissão do Bacharel em Química é regulamentado pelo Decreto nº 85.877 de 07/04/1981 que estabeleceu normas para a execução da Lei no 2.800 de 18/06/1956 (que cria o Conselho Federal de Química – CFQ e os Conselhos Regionais de Química CRQs e dispõe sobre a regulamentação da profissão do Químico). A Resolução Normativa CFQ nº 36 de 25/04/74, publicada no DOU de 13/05/74, “dá atribuições aos profissionais da Química” e elenca as atividades desses profissionais:


1. direção, supervisão, programação, coordenação, orientação e responsabilidade técnica no âmbito de suas atribuições respectivas;
2. assistência, assessoria, consultoria, elaboração de orçamentos, divulgação e comercialização no âmbito das atribuições respectivas;
3. vistoria, perícia, avaliação, arbitramento de serviços técnicos, elaboração de pareceres, laudos e atestados, no âmbito das atribuições respectivas;
4. exercício do Magistério respeitada a legislação específica;
5. desempenho de cargos e funções técnicas, no âmbito das atribuições respectivas;
6. ensaios e pesquisas em geral, pesquisas e desenvolvimento de métodos e produtos;
7. análises química e físico-química, químico-biológica, bromatológica, toxicológica, biotecnológica e legal, padronização e controle de qualidade.


Compete igualmente aos profissionais da Química, ainda:
I – à elaboração e controle de qualidade de produtos químicos de uso humano, veterinário, agrícola, sanitário ou de higiene do ambiente;
II – à elaboração, controle de qualidade ou preservação de produtos de origem animal, vegetal e mineral;
III – ao controle de qualidade ou tratamentos de água de qualquer natureza, de esgoto, despejos industriais e sanitários; ou, ao controle da poluição e da segurança ambiental relacionados com agentes químicos;
IV– a laboratórios de análises que realizam exames de caráter químicobiológico, bromatológico, químico-toxicológico ou químico legal;
V – ao desempenho de quaisquer outras funções que se situem no domínio de sua capacitação técnico-científica.

INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR DE QUÍMICA

O Bacharelado em Química é organizado de forma a proporcionar sólidos conhecimentos teóricos de Química, Física e Matemática e domínio de técnicas básicas e avançadas de laboratório e instrumentação, permitindo a compreensão e explicação de fenômenos físicos e químicos, possibilitando sua interpretação à luz da experimentação e associação com modelos teóricos. 

  • Duração do curso: duração ideal de 8 semestres (com mínimo de 7 semestres e máximo 14 semestres);
  • Turno de funcionamento: Noturno
  • Oferta anual de vagas: 25 vagas (Entrada única no 2º semestre)
  • Modalidade: Presencial
    Critérios de seleção dos alunos: vagas ofertadas pelo ENEM (Sistema de Seleção Unificada do MEC)

Grade Curricular:

Docentes:

Extensão:

Comissão de Orientação e Acompanhamento Acadêmico (COAA):

Colegiado:

Comissão de estágio:

Núcleo Docente Estruturante - NDE: