CENTRO MULTIDISCIPLINAR UFRJ – MACAÉ

Coordenador: Professor Leonardo Maciel Moreira

Licenciado em Química (UFJF), mestre em Ensino de Ciências pelo Programa de Pós-graduação Interunidades em Ensino de Ciências (USP), Doutor em Educação pela Faculdade de Educação (USP). É pesquisador no Mestrado Profissional em Ensino de Química, da Pós Graduação em Ensino de Química do Instituto de Química da UFRJ (PEQUI-IQ) e no Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Saúde (NUTES-UFRJ), orientando mestrado e doutorado. Parecerista em periódicos, líder no Grupo de Pesquisa Linguagens no Ensino de Química e colaborador no Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação Não-Formal e Divulgação em Ciência (GEENF-USP). É professor na Universidade Federal do Rio de Janeiro, atuando nas graduações em Licenciatura em Química e Licenciatura em Ciências Biológicas. Integrante do Comitê de Ética em Pesquisa, do Comitê PIBIC e representante do Campus Macaé da UFRJ no Complexo de Formação de Professores. Coordena o Projeto Ciênica (www.projetocienica.com.br), que visa a divulgação das ciências e das artes. (veja mais a seguir) >> Currículo Lattes

Coordenador Substituto: Professora Juliana Milanez

Professora Associada da Universidade Federal do Rio de Janeiro-Campus Macaé. Doutora em Ciências (Química Inorgânica) pela Universidade Federal de São Carlos (2008), Mestre em Ciências (Físico-Química) pela Universidade de São Paulo (2003) e Bacharela em Química pela Universidade de São Paulo (2001). Atua na área de Química Inorgânica, Educação Ambiental e Ensino de Ciências. >> Currículo Lattes

Apoio Administrativo da Coordenação:

Eliseu Vargas

Contato Acadêmico:

coordlicquimica@gmail.com |
Tel. (22) 2141-4012

Perfil do Profissional:

Espera-se de um licenciado em Química formado pelo Campus UFRJ-Macaé, conhecimentos sólidos sobre as teorias e modelos explicativos da Química, capacidade de estabelecer as relações destes com os fenômenos de transformação da matéria considerando as características de seus futuros alunos. Igualmente, espera-se que tenha sido despertado para o processo de reflexão crítica e transformadora sobre a sua prática de sala de aula, que possua autonomia adequada para atingir os objetivos do ensino definidos pelas competências (Estado, Município e Escola) e também, capacidade de atualização permanente sobre os avanços científicos da Química e progressos na Educação em Química, aptos a atuarem como educadores e sujeitos da realidade da Educação Básica Brasileira.

O aluno é convidado, desde o primeiro período, a ter um envolvimento nas “atividades acadêmico-científico-culturais” (ACC) e na disciplina “Química na Escola”, distribuída pelos dez períodos do curso. Com a disciplina “Química na Escola”, o licenciando entra em contato com a escola do Ensino Básico desde o primeiro período do curso, atividade que é orientada de maneira integrada por professores do Instituto de Química e da Faculdade de Educação. Nos últimos períodos, por meio das disciplinas “Instrumentação para a Química do Cotidiano”, “Laboratório para a Produção e Avaliação de Materiais Didáticos para o Ensino de Química”, “Monitoria” e “Prática de Ensino” e da realização do Projeto Final de Curso, atividades desenvolvidas interdisciplinarmente, procura-se que o aluno adquira a capacidade de construir um conhecimento convergente e unificado entre as áreas de saber da Química e das demais áreas.

A matriz curricular do Curso está organizada em tópicos relacionados à pesquisa do Ensino de Química, à participação em Seminários, visitas externas a Escolas e Museus, à preparação de material e experimentos didáticos, dentre outros. O núcleo pedagógico oferece atividades orientadas na forma de atuação junto aos professores e estudantes do ensino médio, seja na regência de aulas, ou na forma de outras atividades de participação. Além disso, há oferta de uma formação abrangente em todas as áreas básicas da Química, Matemática e Física, conforme as Diretrizes Curriculares para o curso de Licenciatura em Química: “O licenciando em Química deve ter formação generalista, mas sólida e abrangente em conteúdos dos diversos campos da Química, preparação adequada à aplicação pedagógica do conhecimento e experiências em Química e de áreas afins na atuação profissional do conhecimento como educador na educação fundamental e médio”.

Matriz Curricular:

Grade Curricular:

INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR DE QUÍMICA

A Universidade Federal do Rio de Janeiro é uma instituição pública que tem como compromisso o ensino, a pesquisa e a extensão de qualidade, direcionando suas ações para assegurar um atendimento educacional de qualidade, uma das condições essenciais para a construção de uma sociedade brasileira que busca garantir a igualdade de oportunidade a todos os cidadãos.

O Curso de Licenciatura em Química, oferecido no horário noturno, foi implantado no Campus UFRJ-Macaé em 2008. Sua concepção adotou uma matriz curricular convergente, similar ao curso de origem no Campus Rio de Janeiro, onde são apresentadas, desde os períodos iniciais, disciplinas de formação pedagógica ao lado daquelas de conteúdos específicos, além de disciplinas de domínio de língua estrangeira instrumental e do vernáculo pátrio.

  • Duração do curso: 10 períodos / 5 anos
  • Turno de funcionamento: Noturno
  • Oferta anual de vagas: 25 vagas (Entrada única no 1º semestre)
  • Modalidade: Presencial
  • Critérios de seleção dos alunos: vagas ofertadas pelo ENEM (Sistema de Seleção Unificada do MEC)

Docentes:

Extensão:

Comissão de Orientação e Acompanhamento Acadêmico (COAA):